Bullying Corporativo

Bullying Corporativo

Bullying corporativo

Até que ponto as brincadeiras ultrapassam os limites e prejudicam a equipe?

A palavra bullying tem tido grande destaque nos últimos tempos pelo aumento de casos e suas consequências. A prática visa maltratar ou humilhar outra pessoa com o intuito de diminui-la e tornar seu agressor “superior”.

Por mais que este tipo de agressão esteja mais ligado a ambientes como escolas, clubes e nas ruas, as empresas também vêm arcando com as consequências do bullying no dia a dia dos seus colaboradores.

Muitas vezes o bullying coorporativo é praticado de forma inconsciente, ou seja, sem que o agressor perceba que está causando um mal. Porém, muitas vezes, é praticado de forma consciente e com o objetivo de se sobressair perante os outros do setor ou da empresa no todo.

Por isso, Carla Verna ensina nesta palestra como se relacionar, ter sensibilidade para conhecer o seu colega e saber até onde é saudável “brincar”. Estes são pontos fundamentais para uma boa convivência na empresa e em qualquer ambiente garantindo um excelente trabalho em equipe e preservando a qualidade de vida de seus colaboradores.

Público alvo: Líderes, colaboradores e educadores.

Tópicos abordados na palestra:

  • Como diferenciar o que é e o que não é bullying?
  • Desperte a sensibilidade da equipe e os faça entender onde começa e onde termina a brincadeira;
  • Por que algumas pessoas precisam humilhar para se sobressair?
  • Como a pessoa que sofre o bullying deve lidar com a situação e dar a volta por cima?